Intrínseca lança Como o mundo funciona, de Vaclav Smil

Desvendando realidades cruciais para o nosso presente e futuro, o livro Como o mundo funciona, chega às livrarias

Um respeitado cientista mergulha profundamente na essência das ciências e tecnologias modernas, questionando suas capacidades e limitações no contexto da vida contemporânea.

Em Como o mundo funciona, que estará disponível nas livrarias pela editora Intrínseca em abril, Vaclav Smil, um dos pensadores mais influentes da atualidade, oferece uma visão essencial para compreender os rumos da sociedade global. A obra aborda sete pilares fundamentais para nossa sobrevivência e prosperidade, desde a produção de energia até os desafios ambientais que moldam nosso futuro.

É inevitável que este livro — produto do trabalho da minha vida e escrito para o leitor leigo — seja uma continuação da minha longa busca por entender as realidades básicas da biosfera, da história e do mundo que criamos. Ele também faz o que já venho fazendo há décadas: defender fortemente o afastamento das visões extremistas. Os mais recentes (e cada vez mais barulhentos ou irresponsáveis) defensores de tais posições ficarão desapontados: aqui não é o lugar para encontrar lamentos sobre o fim do mundo em 2030, tampouco o deslumbramento com a chegada, mais cedo do que o pensado, dos poderes surpreendentes e transformadores da inteligência artificial. Em vez disso, este livro tenta trazer uma base para uma perspectiva mais comedida e necessariamente agnóstica”, explica Smil.

Com embasamento em dados científicos atualizados, Smil apresenta afirmações controversas, porém realistas. Ele desafia a ideia de que a globalização é inevitável, destacando como a pandemia de covid-19 evidenciou a fragilidade de sistemas dependentes de cadeias de suprimentos globais. Além disso, o autor demonstra como a nossa sociedade está profundamente enraizada em combustíveis fósseis, tornando irrealista qualquer promessa de descarbonização até 2050. A cada tomate cultivado em estufas e adquirido em supermercados, ele aponta que há uma alta pegada de carbono embutida, evidenciando a complexidade dos desafios que enfrentamos.

Ao refletir sobre os avanços tecnológicos desde o século XIX até os desafios contemporâneos, Smil revela verdades muitas vezes negligenciadas, que transformam nossa compreensão do passado, presente e futuro incerto.

Gostou da novidade? Então continue acompanhando o site e o Instagram para ficar por dentro de tudo que acontece no mundo do entretenimento.

 

Foto de capa: divulgação/Intrínseca