Le Entrevistou | Brenda Danese conta sobre história de vida e novo single

Cantora gospel de apenas 14 anos, Brenda é filha de Regis Danese, um dos maiores nomes do nicho, e compartilha da paixão do pai pela música

Com apenas 14 anos de idade Brenda Danese já é um sucesso no gospel. Seguindo os passos do pai, Regis Danese, grande referência no nicho, a mineira tem feito seu nome na música. Desde seu primeiro single em 2017, Feliz Dia dos Pais, a cantora tem enfrentado desafios cada vez maiores e entregue ao público canções que são um refrigério para a alma.

A carreira de Brenda começou a decolar no final de 2022, quando assinou seu primeiro contrato profissional coma  Universal Music Christian Group. No mês seguinte, lançou “Diagnóstico”, seu maior sucesso até então e que conta momentos marcantes na trajetória de Brenda que, aos três anos de idade, foi diagnosticada com leucemia.

Ao Le Entrevistou, a artista conta sobre sua carreira, relembra alguns momentos difíceis e também fala sobre a faixa Deserto, seu recente lançamento, que estreou nas plataformas no último dia 27 de fevereiro. Confira:

Le Ferrarez: Brenda, primeiro, é um prazer falar com uma artista tão jovem, talentosa e cheia de amor. Você recentemente lançou Deserto e é uma faixa que revela muito do cuidado de Deus. A faixa não foi composta por você, mas ela parece dizer muito sobre a sua história de infância com a leucemia. Você se enxerga nessa letra? Esse foi um dos motivos para a escolha da faixa ou há outro motivo?

Brenda Danese: Oiie!! O prazer é todo meu uma honra estar aqui, na verdade a escolha da música foi muito especial porque ela não faz só sentido com o processo da leucemia que eu vivi Mas de todos os desertos que a gente passa e mesmo diante de todas essas situações difíceis Deus cuidou de mim, Então eu queria passar essa mensagem, Que não importa as circunstâncias esse deserto, esse momento difícil vai passar, e Deus jamais nos abandonará!! 

Le: Recentemente no meio cristão as músicas com a perspectiva de Deus (como se fosse Ele falando com seus filhos) tem crescido e se popularizado. Você tem algum palpite do porque esse fenômeno tem acontecido? Acredita que as pessoas estejam cada vez mais carentes da voz de Deus?

BD: Acho que sempre queremos e precisamos de uma resposta ou de ouvir a voz de Deus!! E Deus fala com a gente de diferentes formas, diferentes jeitos e eu creio que a música ela é um instrumento de Deus e principalmente o intuito de gravar canções que vão de fato falar e edificar o coração das pessoas, canções realmente vindas do trono eu acho isso uma forma que Deus proporciona, para falar com a gente!! 

R: Você compôs O Nome de Jesus tem Poder ao lado do seu pai. A composição é um hobbie que você já tem ou foi apenas para essa faixa? E como funcionou o processo de criação desta canção? (E das demais, caso você tenha o hábito de compor)

BD: Simmm!! Eu compus a faixa O nome de Jesus tem poder juntamente com meu papai há alguns anos atrás, acho que o processo de compor canções é algo muito natural é algo que vem do Espírito mesmo, sempre que eu estou no Secreto e Deus começa a revelar uma palavra, revelar uma mensagem eu pego meu ukulele e começo a gravar, mas é algo espontâneo algo realmente que vem do coração de Deus!!

Le: Falando mais geral sobre a sua carreira, como foi a sua escolha pessoal pela música? Ser filha de músicos te influenciou muito? Você sempre soube o que queria ser ou descobriu com o tempo? É nessa área que se vê daqui 10 anos?

BD: Eu sempre brinco que eu comecei a cantar antes mesmo de falar, e é claro que toda minha família, desde a minha avó até os meus pais, me influenciaram bastante, mas eu sempre amei muito!! E a nossa missão é conhecer Jesus e fazer o nome dele conhecido, então eu creio que as canções são meios para levar o Evangelho de Deus!  Então eu creio que Cantar é realmente um chamado que Deus me escolheu e que Deus preparou pra mim, pretendo sim continuar cantando, ministrando e lançando muitos projetos abençoados. Mas daqui há 10 anos o meu sonho é me ver formada ou estudando hahhah porque eu vou ter que estudar muito!! Medicina é algo que Deus colocou no meu coração há muito tempo e também é um grande sonho!!!

Le: Há pouco mais de um ano que você assinou com a Universal Music, mas seu primeiro single foi em 2017. Você considera qual momento como o surgimento da Brenda cantora, ou isso veio em algum momento anterior?

BD: A Brenda cantora acho que já existe em mim há um bom tempo, desde bem pequenininha eu sempre vim cantando com o papai, e agora a gente expandiu esse sonho e essa missão também!!!

Le: Se você pudesse escolher qualquer pessoa do mundo para um feat, quem seria? E você já tem alguma música em mente que seria bacana gravar/regravar com ela/e?

BD: MEUU DEUSSSS!! Acho que tem tanta gente que eu admiro, mas eu vou falar uma pessoa que realmente me inspira muito mesmo. Eu gravaria uma canção com o Alessandro Vilas Boas e meu Deus teria que orar muito, porque iria ser tremendo, ainda não teria uma canção em mente, Deus me daria…

Le: Podemos esperar alguma novidade especial para 2024? Tem projeto novo vindo por aí?

BD: Claro que simmm!! Muitas novidades e muitos projetos incríveis que eu preparei com muito muito carinho pra vocês e tenho certeza que será benção demais!!!! Aguardemmm!! 

Le: Pra finalizar, sinta-se à vontade aqui para deixar um recado/mensagem para os leitores do Le Entrevistou. 

BD: Primeiramente eu quero agradecer a você, muito obrigada por todo carinho! O recado que eu quero deixar é, continue sempre com os seus olhos em Jesus porque pode vir o Deserto pode vir os momentos difíceis, mas você sempre saberá que existe um Deus que nunca te abandonou e nunca te abandonará!Canaã está bem perto…

Gostou desse Le Entrevistou? Então continue nos acompanhando no site e no Instagram para mais!

 

Foto de capa: divulgação