Amores e amadurecimento em tempos de pandemia: Ann Patchett explora relações familiares em Tom Lake - Le Ferrarez
Connect with us

Livros

Amores e amadurecimento em tempos de pandemia: Ann Patchett explora relações familiares em Tom Lake

Publicado a

em

Amores e amadurecimento em tempos de pandemia: Ann Patchett explora relações familiares em Tom Lake

Romance comovente Tom Lake revela a importância das pequenas alegrias e as nuances entre escolha e destino

Ann Patchett, renomada autora norte-americana e finalista do Pulitzer, lança seu mais recente romance, Tom Lake, em junho pela editora Intrínseca. Em uma narrativa que habilmente entrelaça passado e presente, Patchett explora diversas formas de amor — romântico, familiar e bucólico — e diferentes momentos da vida. O livro apresenta uma reflexão profunda e brilhante sobre a importância das pequenas alegrias em tempos difíceis, a prática de contar a própria história e a distinção entre escolha e destino.

A trama se desenrola na primavera de 2020, com a pandemia devastando o mundo e enchendo os noticiários de angústia e desespero. As três filhas de Lara, forçadas a retornar à fazenda da família no norte de Michigan, encontram-se afastadas da rotina e das universidades. Emily, Maisie e Nell passam os dias colhendo cerejas, principal negócio da família. Para passar o tempo, elas pedem à mãe que conte a história de Peter Duke, um famoso ator com quem ela teve um romance de verão na juventude, durante seu tempo na companhia de teatro Tom Lake.

À medida que Lara compartilha sua história, suas filhas começam a refletir sobre suas próprias vidas e sua relação com a mãe. Paralelamente, Lara revisita suas escolhas e os caminhos que a trouxeram até ali.

Tom Lake é um romance repleto de contrastes, destacando momentos de alegria e leveza em meio ao sofrimento. Embora ambientado durante a pandemia, o livro ilumina os pequenos e ocultos prazeres de estar em casa com a família em tempos difíceis.

Entre as várias nuances exploradas no romance — que contrapõe alegrias e tristezas, amor juvenil e maduro, destino e escolha —, há uma curiosidade interessante. Para aqueles que imaginam que Tom Lake foi escrito em uma cabana tranquila com chá e biscoitos, a realidade é diferente. Em uma entrevista ao programa de TV PBS NewsHour, Patchett revelou que escreveu todo o livro enquanto caminhava.

Gostou da novidade? Então continue acompanhando o site e o Instagram para ficar por dentro de tudo que acontece no mundo do entretenimento.

 

Foto de capa: divulgação/Intrínseca

Continue Lendo

Mais Lidas

© Todos os direitos reservados