Doramas que falam sobre saúde mental de forma explícita

Que a saúde mental é um tema em constante crescente a gente já sabe, mas que doramas também falamos sobre isso de forma direta nem sempre é um fato conhecido

Falar de saúde mental é complicado, porque é preciso ter nuances e sutilezas, e conteúdos explícitos sobre isso não costumam ser menos rentáveis e populares. E olha que já evoluímos muito com esse tipo de debate…

Mas a surpresa de muitas pessoas parece ser a forma clara que alguns doramas abordam o tema. Especialmente porque aqui no Ocidente temos o hábito de encarar o Oriente de uma forma restrita. Povos asiáticos falando sobre saúde mental parece novidade.

Então decidimos que você precisa conhecer alguns desses trabalhos, assim você pode entender como funcionam as abordagens asiáticas para esses assuntos tão delicados.

Nevertheless

Pôsteres oficiais de Nevertheless
Foto: divulgação

Esse k-drama fofinho tem a função de debater com a sociedade sobre uma garota que estava presa em uma relação abusiva e descobriu isso da pior forma: sendo exposta de forma íntima em uma exposição de arte. E logo no seu período de luto após o término, a protagonista se apaixona por outro cara que não é lá essas coisas.

Nevertheless é um drama que fala sobre saúde mental de uma forma direta e até incômoda em alguns momentos. O roteiro expõe as fragilidades do início de uma depressão, explana traumas e cutuca as feridas de relacionamentos problemáticos.

Apesar de nem sempre ser a trama mais rápida ou prática do mundo, a história fala de forma explícita sobre saúde mental. Especialmente quando um possível namorado aparece na vida da protagonista, mas ela o descarta porque ele não é tão bad boy como seu homem que some e foge.

Tudo Bem Não Ser Normal

Pôster do dorama Tudo Bem Não Ser Normal
Foto: divulgação/tvN

Nossa protagonista da vez é uma escritora de livros infantis que enfrenta diversos problemas emocionais, e por uma consequência do destino, ela conhece um cuidador. Ele é especialista em doenças mentais.

A união dos dois resulta em um relacionamento focado em superar traumas e entender os próprios processos de evolução e entendimento. É muito emocionante ver esse desenrolar.

Junto com as personalidades distintas dos dois, e a boca sem filtros da protagonista feminina, Tudo Bem Não Ser Normal falou com exatidão sobre os entendimentos pessoais em formas de encarar a vida. Além de ser explícito sobre a importância da saúde mental.

Loucos Um pelo Outro

Pôster do dorama Loucos Um pelo Outro
Foto: divulgação/Netflix

Com cenas de consultas psicológicas, Loucos Um pelo Outro tem uma forma mais do que explícita de falar sobre o tema. E o grande foco da trama é a relação de cada um dos protagonistas com sua respectiva saúde mental.

Vizinhos em um condomínio em que a vizinhança é mais fofoqueira do que o esperado, o par se vê em uma guerra de amor e ódio, sempre descontando no outro suas frustrações e inseguranças. Mas lá no fundo, o Cão Raivoso é um ursão protetor e a Doida da Flor não passa de uma vítima de relação abusiva.

Usando de debates importantes, o dorama é claro sobre a importância da saúde mental em uma sociedade civilizada, aborda a relação saudável que pode ser criada mesmo depois de um trauma e deixa claro como a individualidade é importante para o processo de bem estar.

A Fada do Levantamento de Peso

Cena do dorama A Fada do Levantamento de Peso
Foto: divulgação

Com esse nome longo e fofinho, o k-drama Weightlifting Fairy Kim Bok Joo tem um foco muito claro no ramo dos esportes. Mas não só disso é feita a história.

A protagonista apresenta sintomas de depressão, enquanto seu respectivo par romântico dá claros sinais de traumas e a necessidade de uma máscara social em prol da saúde mental e dos sentimentos de seus entes queridos. Juntos ambos aprendem a lidar com a vida adulta de uma forma menos densa.

Seus processos pessoais se mesclam em um romance afetuoso e igualitário, em que um é sempre a prioridade emocional do outro, e a relação saudável deixa claro que passar por processos de saúde mental fragilizada faz muito mais sentido com uma rede de apoio.

Agora conta pra gente o quanto você acha que a saúde mental deveria estar inserida em projetos ocidentais tanto quanto os orientais. Estamos querendo saber! E para prolongar esse papo, você só precisa nos acompanhar no Instagram. E aqui no site você continua por dentro dos melhores doramas.

 

Foto de capa: divulgação