Peça de teatro Escola de Mulheres volta a ficar em cartaz

Clara Carvalho é a diretora da peça teatral Escola de Mulheres que retorna aos palcos no dia 6 de outubro

A peça Escola de Mulheres estreou em janeiro de 2022, e foi assistida por mais de seis mil pessoas desde o seu lançamento. A produção, que tem direção de Clara Carvalho, é uma remontagem da comédia de 1663, de Molière. No ano de 2022, o autor da obra original, completa 400 anos.

Escola de Mulheres já foi exibida em São Paulo, Santos, Jundiaí e Barueri. Agora retorna aos palcos do Teatro Aliança Francesa, a partir do dia 6 de outubro até dia 4 de dezembro. A obra é um gesto de transgressão ao patriarcado e ao conservadorismo, além de trazer à tona com ironia, leveza, elegância e sagacidade a existência feminina. Os horários das apresentações acontecem de quinta a sábado, às 20h e às 18h nos domingos.

“Este é um texto escrito em 1662, quando Molière tinha 40 anos e estava na plenitude de sua potência criativa. Ele também fazia o papel de Arnolfo, personagem que repele frontalmente a ideia de ser traído e, para isso, educa a jovem Inês para que ela se torne sua esposa ideal, criando-a na mais absoluta ignorância. Mas, como em muitas de suas peças, as personagens femininas de Molière são perspicazes, inteligentes e descobrem como se empoderar numa circunstância a princípio desfavorável e o plano de Arnolfo mostra-se muito difícil de implementar. Sente-se no texto a simpatia de Molière pelas mulheres. O machismo patológico é escancarado, ridicularizado e, sentimos um viés francamente feminista. É esse viés que queremos colocar em cena”, comenta Clara Carvalho.

Para se preparar, a equipe de Escola de Mulheres se inspirou em alguns filmes relacionados à obra original. Assim como, A Viagem do Capitão Tornado, O Rei Dança e Vatel – Um Banquete para o Rei.

Os valores dos ingressos são: Quinta e Sexta – R$ 50,00 inteira e 25,00 meia; Sábado e Domingo R$ 60,00 inteira e R$ 30,00 meia. Você pode adquirir os ingressos pelo site do espetáculo aqui.

Escola de Mulheres
Foto: divulgação/Crédito: Ronaldo Gutierrez

Não perca essa obra clássica feminista! E continue acompanhando o Le Ferrarez aqui no site e no instagram para ficar por dentro de tudo o que rola no Brasil e no mundo.

Foto de capa: divulgação/Crédito: Ronaldo Gutierrez