Conheça a carreira da roteirista do filme Predestinado: Arigó e o Espírito do Dr Fritz - Le Ferrarez
Connect with us

Cinema

Conheça a carreira da roteirista do filme Predestinado: Arigó e o Espírito do Dr Fritz

Publicado a

em

Predestinado: Arigó e o Espírito do Dr Fritz estreou dia 1° de setembro nos cinemas

Jacqueline Vargas, um nome aparentemente comum, mas que está por trás de diversos roteiros que com certeza já fizeram parte da sua história. Ela é o nome por trás de alguns projetos como Sessão de Terapia, Floribella e Malhação – Viva a Diferença, além de ser vencedora do Emmy Kids Internacional

A carioca, formada em artes cênicas e psicanálise, escreve há mais de 20 anos e é o nome por trás do roteiro do novo longa-metragem Predestinado: Arigó e o Espírito do Dr. Fritz, estrelado por Danton Mello e Juliana Paes e que conta a história do mineiro José Pedro de Freitas, o Arigó (Danton Mello), primeiro médium a incorporar o espírito do médico alemão Dr. Fritz, morto durante a Primeira Guerra Mundial. O filme chegou aos cinemas brasileiros no dia 1º de setembro e é dirigido por Gustavo Fernandez, diretor-geral da novela Pantanal, exibida na Rede Globo, e distribuído pela Imagem Filmes. 

Convidada pelo produtor Roberto d’Avila, para desenvolver o roteiro original do filme, Jacqueline realizou entrevistas com familiares do médium e pesquisou extensamente em fontes diretas e muitos livros, dentre eles Arigó e o Espírito do Dr. Fritz, escrito pelo jornalista e escritor americano John G. Fuller, da Editora Pensamento. “Além de ler muitas pesquisas e livros sobre José Arigó, fui até a cidade de Congonhas (MG) conhecer a sua família e cheguei até a me hospedar na casa de um de seus filhos, Sidney, onde pude conhecer tudo sobre a sua vida, como homem, como pai e como médium”, comenta Jacqueline.

Durante o período de imersão para o roteiro do longa, desde 2015, Jacqueline decidiu que não ia fazer uma história biográfica linear, mas focar, justamente, na missão de Arigó como médium e em tudo o que ele abdicou para cumpri-la. “Quis abordar toda a luta interna que ele enfrentava, a dificuldade de entender a si mesmo, o medo frente ao desconhecido e a tudo o que ele era predestinado a fazer. Foi um processo longo e difícil, mas muito bonito e gratificante para mim”, comenta a roteirista. “Minha grande inspiração para o roteiro foi essa família e descobrir, por meio dela, tudo o que ele fez. A ideia foi, justamente, contar a sua história pelo ponto de vista do ser humano Arigó, em sua fragilidade como médium, e toda a sua missão, que fez com que ele se tornasse figura fundamental para a cirurgia espiritual no Brasil”, completa.

Antes de ingressar na dramaturgia, a roteirista escreveu realities, talk shows e programas infantis, como Zapping Zone, Muito mais popstar e a Ilha da Sedução, respectivamente da Disney e Fox. No cinema, além do atual Predestinado, Jacqueline assinou o roteiro de Querida mamãe, estrelado por Letícia Sabatella e Selma Egre e seus longas Fim da inocência e TPM – meu amor estão em produção

Em 2022, Vargas finaliza o seu segundo romance juvenil, A arte de cancelar a si mesmo. 

E aí, já separou a pipoquinha e um assento para ir conferir Predestinado: Arigó e o Espírito do Dr. Fritz? Com uma profissional de renome como Jacqueline dificilmente sairá decepcionado dos cinemas, bora lá reservar um assento e dar mais valor ao cinema nacional.

Confira o trailer

Não deixe de acompanhar todas as notícias do mundo do entretenimento aqui no site e no Instagram.

Foto de capa: divulgação

Continue Lendo

Mais Lidas

© Todos os direitos reservados