A Viagem de Pedro vence premiação internacional

O filme “A Viagem de Pedro” ganha prêmio de melhor filme americano em Amsterdã e ainda participa de dois festivais internacionais

O filme foi escrito e dirigido pela Diretora de cinema Laís Bodanzky, e recebeu o prêmio de melhor filme americano no Septimius Awards, uma premiação destinada a descobrir novos talentos no cinema e apoiar produções visionárias.

A Viagem de Pedro também foi selecionado para participar de dois festivais internacionais. Teve no último dia 06 de junho sua primeira exibição nos Estados Unidos no Brooklyn Film Festival, já nos dias 8 a 18 de junho o longa participa do Latin American Film Festival em Copenhagen.

E para o público conferir o filme e prestigiar o cinema brasileiro, foi feita uma sessão gratuita do filme no dia 9 de junho na USP, em São Paulo, seguido de um debate com a diretora do longa.

A Viagem de Pedro teve sua estreia mundial oficial aqui no Brasil, na 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Desde então, tem conquistado diversos prêmios, como o Troféu Redentor de melhor ator coadjuvante (Sergio Laurentino) e de melhor direção de ficção (Laís Bodanzky).

O filme conta um pouco mais sobre a vida pessoal de Dom Pedro I, mostrando momentos de sua volta a Portugal, sua fuga do apedrejamento e desconstruindo um pouco sua imagem, mostrando um novo ângulo seu.

O longa é o primeiro filme histórico dirigido por Laís Bodanzky e tem como protagonista Cauã Reymond. Outros nomes no elenco são: Luise Heyer como Leopoldina, Victoria Guerra como Amélia, Isabél Zuaa como Dira, Rita Wainer como Domitila, Francis Magee como Comandante Talbot, Welket Bunguê Contra como Almirante Lars, João Lagarto como Dom João, Luísa Cruz como Carlota Joaquina, Isac Graça como Miguel, Luiza Gattai como Maria da Glória, Dirce Thomas como Benê, Marcial Macome como Bukassae, Sergio Laurentino como Chefe, Dnangowe Calvin como Tigre.

Sinopse

1831, Pedro, o ex imperador do Brasil, busca forças físicas e emocionais para enfrentar seu irmão que usurpou seu reino em Portugal. O filme se passa no Oceano Atlântico, a bordo de uma fragata inglesa na qual se misturam membros da corte, oficiais, serviçais e escravizados, numa babel de línguas e de posições sociais. Pedro se vê doente e inseguro. Entra na embarcação em busca de um lugar e uma pátria. Em busca de si mesmo.

Assista ao trailer:

Leia também: Novo filme nacional do Paramount+, Escola de Quebrada, começa a ser gravado

Gostou? Para saber de todos os lançamentos do mundo do cinema, é só ficar de olho aqui no site ou acessar meu Insta.

Foto de capa: divulgação/Andrezza Ribeiro